Ainda sem quitar folha de outubro, Fazenda deposita 11ª parcela do 13º nesta sexta

Salários de novembro só devem ser pagos a partir de 10 de dezembro

Ainda sem quitar a folha de outubro para servidores que recebem acima de R$ 15 mil, o governo estadual deposita, nesta sexta-feira, a 11ª parcela já atualizada do 13º salário do ano passado para os servidores do Poder Executivo. Para isso, foram necessários R$ 110 milhões, que devem estar disponíveis nas primeiras horas da manhã.

A Fazenda também garante o repasse da primeira metade do 13º salário de 2018 para os servidores das fundações públicas, o que representa mais R$ 4 milhões. Esse grupo, de 5,2 mil matrículas, exerce contratos regidos pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Parte deles já havia solicitado a antecipação de 50% do 13º junto ao período de férias, durante o ano.

A folha de novembro só deve ser paga a partir de 10 de dezembro. Já em relação aos salários de outubro, o saldo pendente, de R$ 109 milhões, para 1,6% dos servidores (5.480 matrículas) depende da entrada de arrecadação. O atraso, de 29 dias, é recorde desde que a folha começou a ser parcelada, em 2015.

Esse é o 35º mês em que o governo de José Ivo Sartori não consegue pagar a folha em dia a 100% dos servidores. O Piratini também já enviou à Assembleia um projeto para parcelar o 13º salário pelo quarto ano consecutivo.