Dengue no RS: doença faz sexta vítima em 2024

Óbito ocorreu no dia seguinte ao registro da quinta morte

SES reforça importância de a população buscar atendimento médico - Foto: Guilherme Almeida / CP

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), vinculado à Secretaria da Saúde, confirmou nesta quarta-feira, 21, o sexto óbito por dengue no Rio Grande do Sul em 2024. Um homem de 63 anos, residente em Cruz Alta e portador de comorbidades, faleceu no último dia 15. O município apresenta uma incidência de 75,1 casos prováveis de dengue para cada 100 mil habitantes.

A quinta morte foi registrada ontem, terça-feira, 20. Trata-se de uma mulher, de 75 anos, com comorbidades, moradora de Tenente Portela. O município apresenta o maior número de casos confirmados da doença no Estado.

Situação da dengue no Rio Grande do Sul

Neste ano, o Rio Grande do Sul já registra 5.695 casos confirmados da doença, dos quais 4.921 são autóctones, que é quando o contágio aconteceu dentro do Estado, com os demais sendo importados (residentes do RS que foram infectados em viagem a outro local).

Em 2023, foram mais de 34 mil casos autóctones. Ao todo, foram 54 óbitos por dengue no ano passado.