Festas clandestinas que reuniam centenas de pessoas são encerradas em Porto Alegre

Flagrantes, que envolveram cerca de mil pessoas, aconteceram nas zonas Norte e Sul da Capital

Foto: Guarda Municipal de Porto Alegre/Divulgação

A Guarda Municipal de Porto Alegre voltou a encerrar festas clandestinas na cidade durante a madrugada deste sábado (6). Segundo os agentes, que participaram de ação conjunta com fiscais da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) e da Brigada Militar, um evento acontecia na zona Norte, e outro na zona Sul da Capital.

No primeiro deles, realizado em um bar da avenida Francisco Silveira Bitencourt, no bairro Sarandi, 450 pessoas estavam aglomeradas em um baile funk. O estabelecimento comercial foi autuado e interditado por estar descumprindo as medidas de distanciamento impostas pela Covid-19.

Enquanto isso, na zona Sul, os agentes interviram em uma festa que reunia 500 pessoas em uma quadra de escola de samba. O local também foi autuado e interditado. Ambas ações tiveram início com denúncias da população, recebidas pelo canal Fala Porto Alegre, no telefone 156.

A noite também foi marcada por aglomerações de rua – em especial em bares das ruas Padre Chagas e Luciana de Abreu, no bairro Moinhos de Vento. Também foram flagradas irregularidades frente ao decreto municipal de controle do coronavírus no Centro Histórico, na Ponte de Pedra do Largo dos Açorianos e na rua Fernando Machado.