Em greve, trabalhadores do Judiciário realizam novo ato nesta terça na Capital

Grupo de trabalhadores fará um panelaço em frente ao Tribunal de Justiça, às 10h

Prazo foi dado pelo desembargador Francisco José Moesch, do Tribunal de Justiça
Foto: Arquivo

Os servidores da Justiça do Rio Grande do Sul, em greve há três semanas, realizam um ato na manhã desta terça-feira. O grupo de trabalhadores fará um panelaço em frente ao Tribunal de Justiça, em Porto Alegre, às 10h.

Conforme o sindicato da categoria, são esperadas mais de 2 mil pessoas de comarcas de todo o Estado. Na última quinta-feira, os trabalhadores iniciaram a negociação com o presidente do Tribunal de Justiça. O diálogo foi retomado ontem, mas até agora não houve acordo.

Após o ato em frente ao Tribunal, os trabalhadores seguirão em caminhada até a Assembleia Legislativa para acompanhar a reunião de líderes de bancadas. A categoria pretende pressionar os parlamentares pela não inclusão do PL 93/2017 na ordem do dia da sessão plenária. À tarde, ocorre assembleia geral da categoria na Praça da Matriz.

A greve

A greve dos trabalhadores do Judiciário iniciou no dia 24 de setembro. Na pauta de reivindicação dos trabalhadores está a construção de plano de carreira para os servidores do 1.º grau. Além da não extinção dos cargos de oficiais escreventes, o que pode ocorrer caso o PL 93/2017 seja aprovado na ALRS, conforme o sindicato.

Também está na pauta reivindicatória a reposição das perdas salariais, reajuste do auxílio-alimentação e do valor ressarcido aos oficiais de justiça por despesas de condução.