Seduc e coordenadorias seguem sem telefone por pendência em fatura de setembro

Conforme a Fazenda, não há previsão de quitação do valor com a operadora

O telefone da Secretaria Estadual da Educação (Seduc) segue com a linha cortada por falta de pagamento. A operadora OI interrompeu o serviço, nessa quarta-feira, em razão da pendência de uma fatura de R$ 67 mil, que venceu em 27 de setembro. Também seguem sem telefone as 29 coordenadorias regionais de Educação, que atendem as escolas do Interior.

Conforme a Secretaria da Fazenda, não há previsão de quitação do valor com a operadora. Em nota emitida ontem, a Sefaz informou que a prioridade do governo é o pagamento da folha salarial e os serviços essenciais. Ontem, a Pasta havia garantido o retorno do serviço no mesmo dia.

Ainda no comunicado emitido nessa quarta, a Sefaz reiterou que paga na sexta-feira, dia 9, as chamadas consignações (empréstimos e outros descontos que o servidor autoriza debitar do salário) ainda referente à folha de setembro. Já os salários de outubro só devem começar a ser pagos a partir de segunda-feira, dia 12.