test

Dino anuncia permissão de entrada de garrafas de água em shows

Medida ocorre após morte de fã em show da cantora Taylor Swift, no Rio de Janeiro

Foto: Lula Marques/Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, afirmou que, a partir deste sábado (18), será permitida a entrada de garrafas de água de uso pessoal, em material adequado, em shows e espetáculos. As empresas produtoras de eventos com alta exposição ao calor também deverão disponibilizar água potável gratuita em “ilhas de hidratação” de fácil acesso. A determinação é da Secretaria do Consumidor e tem validade imediata.

Segundo o ministro, a portaria vai ser editada e publicada em até 1 hora. Mais cedo, Dino havia determinado que a Secretaria Nacional do Consumidor investigasse as denúncias de fãs da cantora Taylor Swift sobre a ausência de água potável no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

A medida foi tomada após uma estudante de psicologia de 23 anos ter morrido nesta sexta-feira (17). Em uma rede social, o ministro afirmou que é “inaceitável que pessoas sofram, desmaiem e até morram por falta de acesso à água”.

Nas redes sociais, fãs afirmaram que a organizadora da turnê brasileira, a TF4, proibiu garrafas no estádio. Em vídeos, a produção da cantora aparece entregando copos de água aos fãs que estavam na grade próximo ao palco após solicitação da artista.

Fã morre

Ana Clara Benevides, de 23 anos, era fã da artista e morreu no início do show, que ocorreu no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada por familiares.

Ana foi socorrida ao desmaiar na grade em frente ao palco, dentro do Engenhão. Chegou a ser encaminhada ao hospital, mas não resistiu a uma parada cardiorrespiratória.

Fãs da cantora pedem “justiça por Ana” e afirmam que a empresa organizadora do evento deve distribuir água durante os próximos shows. A apresentação seguinte da artista ocorre neste sábado (18).

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile