Justiça Eleitoral convoca mesários que vão trabalhar nas eleições

Cerca de 2 milhões vão colaborar com o atendimento nas seções

Abdias Pinheiro/SECOM/TSE

A Justiça Eleitoral começou a convocar, nesta terça-feira, os mesários que vão trabalhar nas eleições de outubro. No pleito deste ano, cerca de 2 milhões vão colaborar com o atendimento ao eleitor em seções eleitorais e postos de justificativa.

As pessoas que se inscreveram para trabalhar como mesários ou que foram convocadas para prestar o serviço no dia da eleição vão receber um documento oficial da Justiça Eleitoral de forma física ou por aplicativo de mensagem e e-mail. O critério de comunicação depende de cada tribunal regional eleitoral (TRE).

Após a convocação, os mesários passarão por um treinamento virtual, no qual receberão informações sobre os procedimentos que devem ser adotados durante a votação e soluções para eventuais problemas que podem surgir.

Eleitores menores de 18 anos não podem ser mesários, além de parentes de candidatos, integrantes de partidos políticos, ocupantes de cargos de confiança no Poder Executivo e servidores da Justiça Eleitoral.

O primeiro turno ocorre no dia 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e do Distrito Federal.

Já o eventual segundo turno para a disputa presidencial e aos governos estaduais é previsto para 30 de outubro.