Consumo de energia no país se manteve estável em setembro

ONS alega que mudança no relógio não traz economia de energia significativa. Foto: Beto Rodrigues/CEEE

O consumo de energia no sistema elétrico brasileiro se manteve quase estável nas duas primeiras semanas de setembro, na comparação com o mesmo período do ano passado, registrando leve aumento de 0,2%, para 64.693 MW médios. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 22, pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Na comparação com o mesmo período de 2019, porém, houve um aumento de 4,2% no consumo.

Já o consumo no mercado livre (ACL), ambiente em que grandes indústrias e centros comerciais podem negociar diretamente contratos de suprimento, foi de 22.001 MW médios, uma alta de 5,5% na comparação anual. O mercado regulado (ACR), no qual pequenas e médias empresas e residências adquirem eletricidade junto às distribuidoras, demandou 42.692 MW médios, o que representa um recuo de 2,4% frente ao ano passado, influenciado pelo feriado de 7 de setembro, disse a CCEE.