Número de casos de variante Delta sobe para 143 no país

Foram registradas nove mortes de pessoas infectadas com a cepa

A principal característica da cepa, já comprovada cientificamente, é a maior transmissibilidade. Foto: NIAID-RML/Divulgação

Balanço do Ministério da Saúde mostra que foram identificados até hoje 143 casos de pessoas infectadas com a variante Delta do novo coronavírus – oito a mais que na quarta-feira passada. Esse tipo de alteração do vírus era anteriormente conhecida como “variante indiana”.

Dos 143 infectados no Brasil, nove tiveram quadro grave e morreram em função das complicações decorrentes da Covid-19.

O local com mais registros até o momento é o Rio de Janeiro, com 88 casos mapeados, seguido de São Paulo, com 15; Paraná, com 13; Distrito Federal, com seis; Maranhão, com sete; Santa Catarina, com cinco; Rio Grande do Sul e Pernambuco, com três cada; Goiás, com dois, e Minas Gerais, com um.

Dos sete casos do Maranhão, seis foram detectados em um navio que aportou no litoral do nordestino.

Das nove mortes em razão da variante Delta do novo coronavírus, quatro ocorreram no Rio de Janeiro, outras quatro no Paraná e uma no Maranhão.

O ministério afirmou em comunicado que orienta estados e municípios a ampliar o sequenciamento genômico (procedimento que permite encontrar as variantes do novo coronavírus).

Além disso, recomenda a notificação imediata dos casos, o isolamento dos infectados e a adoção de medidas de prevenção em áreas onde foram encontrados pacientes com a variante.