Ocupação de leitos de UTI por Covid-19 volta a subir em Porto Alegre

Três hospitais estão com 100% de lotação nesta quarta-feira na capital gaúcha

No Rio Grande do Sul, a taxa de ocupação de leitos de UTI era de 76,7% nesta quarta | Foto: Ricardo Giusti / CP

Porto Alegre chegou nesta quarta-feira com uma taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de 87,22%. À tarde eram 696 pacientes ocupando 815 dos leitos disponíveis na Capital. Destes, 302 são de pessoas infectadas ou com suspeita de terem contraído o coronavírus – 274 já receberam o diagnóstico positivo de Covid-19. São dez leitos a mais ocupados em relação ao dia anterior.

A alta de hoje não só interrompeu uma sequência de dois dias de com reduções na ocupação, como é o dia da semana com o maior número de internados em estado grave pela doença. No último domingo, dia 10, eram 270 pacientes confirmados com Covid-19 e internados em UTI, que seguiam uma tendência de queda que começou na virada do ano.

Três hospitais – Hospital Moinhos de Vento, Ernesto Dornelles e Cristo Redentor – estão com 100% de ocupação nesta quarta-feira. Acima dos 90%, operam as UTIs do Instituto de Cardiologia e do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, com taxas de 95,45% e 94,67%.

No Rio Grande do Sul, a taxa de ocupação de leitos de UTI era de 76,7%, com ocupação de 2.025 dos 2.640 leitos disponíveis no Estado nesta quarta-feira.