Taxa do cheque especial sobe pela 1ª vez em 2020 e vai a 112% ao ano

Juros médios do cartão de crédito caíram 1,8 ponto percentual, mas chegam a 310,2% ao ano, de acordo com o Banco Central

Taxa do cheque especial tem alta pela primeira vez no ano | Foto: Marcos Santos / USP Imagens / CP

A taxa de juros do cheque especial registrou alta pela primeira vez no ano, depois de consecutivos meses de queda. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, pelo Banco Central.

Em agosto, a modalidade chegou ao patamar de 112,6% ao ano, aumento de 0,9 ponto percentual em relação a julho. Já a taxa de juros do cartão de crédito caiu para 310,2%, queda de 1,8 ponto percentual.

Os percentuais são as médias de juros cobrados pelos bancos dos clientes que tomam dinheiro emprestado nas duas modalidades, que são as mais caras do mercado.

Taxa do cheque especial é 112,6% ao ano em agosto

A taxa de juros do cheque especial teve alta pela primeira vez em 2020 e foi a 112,6% ao ano. Nos meses anteriores, a modalidade registrou quedas consecutivas, e chegou ao seu menor patamar (111,7%) em julho.