Presidente estadual do PSL reafirma desembarque do governo Leite

Nereu Crispim negou ação do comando nacional contra ele no Conselho de Ética

Foto: André Oliveira / Divulgaçã

O presidente estadual do PSL, deputado federal Nereu Crispim, reafirmou, no fim de semana, a posição do partido em desembarcar do governo Eduardo Leite. Ele salientou que consultou as lideranças nacionais do partido e que não é alvo de qualquer tipo de ação no Conselho de Ética da sigla.

“Eu informei a nacional e até o momento não recebi qualquer ligação contrária do presidente (Luciano) Bívar ou do vice (Antonio de) Rueda sobre a atitude que tomei”, enfatizou o parlamentar. Ele também lembrou que os demais representantes do PSL no Rio Grande do Sul devem deixar o partido. “Sou o único deputado que vai permanecer. Os outros estão indo para o Aliança, partido do presidente (Jair Bolsonaro)”, apontou.

Crispim reconheceu, entretanto, que os demais membros do PSL no RS detêm liberdade para manterem as posições. “É uma democracia. Como presidente da sigla, continuo firme e não apoio o governo Eduardo Leite”, reforçou. “Não apoio o pacote protocolado na Assembleia Legislativa. Mas se os deputados quiserem apoiar e votar a favor, sem problema”, ponderou.

O deputado comentou que o pacote de Eduardo Leite não respeita o que havia sido prometido pelo partido nas eleições. “Nosso discurso de campanha era outro e não esse. A favor das forças de segurança e da educação. Um jargão de muda Brasil, muda de verdade. Isso que está aí não é o que a sociedade pedia.”