O Contraponto em busca do ponto em comum

Olá amigos e amigas!

Estou muito feliz em agora estrear aqui no portal da nossa Rádio Guaíba o meu blog. Já se foram quase 8 meses de Contraponto nesta emissora, que faz parte da história do jornalismo do nosso país, e os resultados que estamos colhendo são simplesmente fantásticos.

Graças a nossa equipe de produção e a um nível elevadíssimo de nossos convidados, pautas pouco difundidas ganharam espaços em nossa atração, levando um conteúdo que, de fato, está fazendo a diferença na vida de nossos ouvintes e internautas.

A interação do público, algo que me intrigava devido ao horário do Contraponto, é intensa e participativa, trazendo contribuições valiosas para cada um de nossos debates, bate-papos ou troca de ideias, que temos diariamente no AM 720 e FM 101,3, além de nossas plataformas digitais.

Pra mim, pessoalmente, o mais positivo de tudo, é que em cada dia que entramos no ar com temas que variam do comportamento humano, do dia-a-dia de nossa cidade, estado, país, saúde, política, bem-estar e demais situações pontuais sugeridas inclusive pelos nossos ouvintes, cada vez mais buscamos não o ‘choque de pensamentos’, mas sim, a possibilidade de que determinada pessoa que pense diferente de outra, possa mudar de opinião, ou ainda, respeitar aquilo que está sendo defendido com os argumentos que foram apresentados.

Em outros momentos, os pontos divergentes acabam por parecerem semelhantes e o ‘tal embate’ tenha ocorrido de forma ‘menos intensa’ dando ainda mais voz aquilo que é considerado o ideal ou indicado dentro das questões apresentadas.

Por algumas vezes, recebemos aquela contagem que está 2×2, 3×1, 4×0, etc para um ou outro lado, entretanto, a intenção é justamente que este tipo de panorama não seja estabelecido. O objetivo central é trazer que do nosso Contraponto se estabeleça o ponto em comum.

Em um mundo onde quem torce para o verde tenha que odiar quem gosta do amarelo, ou que quem gosta do rock seja um anti-partidário do samba, encontrar o ponto de tolerância, respeito e até quem sabe, pontos em comum dentro de uma dicotomia, seja o grande desafio que todos os dias pensamos para o nosso programa.

Muito feliz em estar neste time! Muito feliz de estar em um ambiente de trabalho leve, comprometido e focado no resultado maior: A satisfação do nosso ouvinte!

Muito feliz em estar, de fato, contribuindo, fazendo jornalismo e a diferença na vida das pessoas.

Até segunda!

Fabiano Brasil

fbrasil@radioguaiba.com.br