Cobertura da campanha contra a gripe no RS supera índices de 2018

Aproximadamente 3,7 milhões de doses foram aplicadas até o momento

Foto: Guilherme Testa / CP Memória

A campanha de vacinação contra a gripe no Rio Grande do Sul superou a cobertura registrada em 2018. Até o fim da manhã de hoje, 84,% dos grupos prioritários haviam se imunizado, contra a marca de 81,1% do ano passado.

Contudo, apesar da melhora, o número segue abaixo da meta de 90%, principalmente entre os públicos de crianças, gestantes e portadores de doença crônica. Como a vacinação segue ocorrendo em cidades onde existem estoques, os índices ainda devem se alterar.

Mesmo no caso das crianças, com adesão de 77% em 2019, houve avanço na procura pelas doses em comparação com 2018. No ano passado, apenas 67% foram vacinadas contra a gripe. Em virtude da baixa cobertura, esse público (juntamente com as gestantes) ganhou mais tempo, desde 10 de abril, para começar a buscar os postos em 2019.

Além disso, o Ministério da Saúde ampliou a faixa etária em um ano, abrangendo todas as crianças maiores de seis meses a menores de seis anos, em vez de cinco.

Comparação 2018 x 2019 – Cobertura da vacinação da gripe no RS

Crianças: 66,9% em 2018 / 77,2% em 2019
Gestantes: 72% em 2018 / 75,7% em 2019
Puérperas: 93,2% em 2018 / 96,1% em 2019
Trabalhador da saúde: 83,1% em 2018 / 84,7% em 2019
Idosos: 93,9% em 2018 / 95,7% em 2019
Professores: 92,8% em 2018 / 109% em 2019
Doentes crônicos: 69,1% em 2018 / 73,6% em 2019

Total dos grupos prioritários: 81,1% em 2018 / 84,9% em 2019

Fonte: Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI/MS), acesso em 12/6/2019, às 9h

Vacinação aberta para público geral até acabarem os estoques

Desde a semana passada, a vacinação contra a gripe passou a ser oferecida para a população em geral. No entanto, a recomendação no RS é de que as secretarias municipais de saúde reservem doses para que os grupos de crianças, gestantes e pessoas com comorbidades atinjam 90% de cobertura.

Até esta quarta, cerca de 3,7 milhões de doses já haviam sido aplicadas, 404 mil delas em pessoas de fora dos grupos de risco.

Dos 497 municípios gaúchos, 307 ultrapassaram a meta de imunizar 90% dos grupos prioritários, e 125 cidades apresentaram, até o momento, índice entre 80 e 90%. Os demais 65 ficaram abaixo de 80%.

Em 2018, 289 cidades atingiram a meta da campanha, 143 imunizaram de 80 e 90% dos grupos de risco e 66 ficaram abaixo de 80%.