Porto Alegre: mais um bairro registra caso autóctone de dengue e recebe inseticida

Agentes vão aplicar veneno contra o mosquito adulto em quarteirões do Farrapos, na manhã desta quarta

Foto: Cristine Rochol/PMPA

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vai pulverizar inseticida em ruas do bairro Farrapos, na manhã desta quarta-feira, em Porto Alegre, após exames confirmarem um caso autóctone de dengue na região – quando o paciente adoece sem viajar.

Esse é o terceiro bairro da zona Norte a registrar a ocorrência de infecção local pelo mosquito Aedes aegypti, que também transmite o zika vírus e a febre chikungunya.

Até o momento, o Santa Rosa de Lima tinha 73 casos autóctones e o Jardim Carvalho, mais seis. A Capital ainda registra seis casos de dengue importada, somando 86 ocorrências confirmadas em 2019. Mais 57 suspeitas seguem aguardando exames.

No bairro Farrapos, a aplicação de inseticida vai se iniciar às 9h30min e pode ser cancelada em caso de chuva. Recebem veneno contra o mosquito adulto os seguintes quarteirões:

– rua Três do Loteamento Dona Teodora;
– trecho da rua Monsenhor Severino Brun, entre a rua Três do Loteamento Dona Teodora e a rua Padre Blasio Vogel;
– trecho da rua Padre Blasio Vogel, entre a rua Michel Vieira e a rua Sete Loteamento Quatorze Piec;
– rua Michel Vieira;
– rua André Klein Ferreira;
– rua Carlos Heitor Lorenz Bossle;
– rua Mário Schenini Cadermatori, entre a rua Deputado João Caruso e a rua Armando Amado Potrich;
– rua Sete Loteamento Quatorze Piec;
– trecho da rua Dois Mil Cento Vinte.