Número de pontos impróprios para banho sobe de 13 para 15 no RS

No comparativo com o relatório anterior, três locais foram incluídos na lista e um retirado

Balneário Passo do Verde, no rio Vacacaí em Santa Maria. Foto: Sema

Subiu de 13 para 15 o número de pontos impróprios para banho, dentre os 94 analisados semanalmente pela Fepam, no Rio Grande do Sul. No comparativo com o relatório anterior, três locais foram incluídos na lista e um retirado.

Passaram a ter o banho desaconselhado o balneário Caverá, no rio Ibirapuitã, em Alegrete, o balneário Rainha do Sol, no rio Ibicuí, em Manoel Viana, e o balneário Rebello, na lagoa dos Patos, em Tapes.

Em Pelotas, sete pontos seguem sem condições de banho na praia do Laranjal, os mesmos da semana passada: Santo Antônio – Restaurante, Santo Antônio – Rua Bagé e Santo Antônio – Avenida Rio Grande do Sul, o Balneário dos Prazeres, Colônia Z-3, Valverde – Pontal da Barra e Valverde – Aki Pizza.

A Fepam também mantém reprovadas as águas da praia Nova, no rio Jacuí, em Cachoeira do Sul, da praia Recanto das Mulatas, no Guaíba, em Barra do Ribeiro, da lagoa do Peixoto, em Osório, do balneário Passo do Umbú, no rio Ibicuí, em São Vicente do Sul, do balneário Passo do Verde, e do rio Vacacaí, em Santa Maria.

Nenhum dos pontos impróprios fica no mar. Já o balneário Fernando Schilling, no rio Jaguari, em Jaguari, teve o banho liberado até a semana que vem.