Vagas para o RS no Mais Médicos são preenchidas

Profissionais devem chegar aos municípios após validação de documentos junto ao Ministério da Saúde

Mais Médicos abrirá inscrições para profissionais formados no exterior | Foto: Guilherme Testa / CP Memória

Foram preenchidas as 630 vagas para médicos disponibilizadas a municípios gaúchos no edital do Programa Mais Médicos feito após a saída de profissionais cubanos. A partir de agora, o Ministério da Saúde fará análise dos dados apresentados na inscrição para encaminhar a contratação.

“O edital que saiu semana passada previa, além de substituir os médicos cubanos, também aquelas vagas as quais os cubanos não tinham ocupado ou que tinham trocado de estado e estavam vazias”, explicou o diretor do Departamento de Ações de Saúde da Secretaria Estadual da Saúde, Elson Farias.

Conforme ele, ainda não há como prever quando os profissionais chegarão às cidades em que trabalharão, pois esta é uma demanda do ministério. “É um tempo administrativo”, disse. “Após a validação daqueles dados, é preciso que o Ministério oriente os médicos a irem nas secretarias municipais da Saúde.”

Na semana passada, com a saída dos cubanos, cidades do interior gaúcho precisaram remanejar horários para poder viabilizar o atendimento à população.

Maioria das vagas preenchida

Neste edital do Mais Médicos são ofertadas 8.517 vagas para atuação em 2.824 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), que antes eram ocupadas por médicos da cooperação com Cuba. De acordo com o Ministério da Saúde, dos 25.901 inscritos com registro (CRM) no Brasil, 17.519 foram efetivadas e 7.871 profissionais já estão alocados no município para atuação imediata. Até o momento, 40 médicos já se apresentaram nas unidades básicas de saúde.

Segundo o cronograma do Ministério da Saúde, os médicos com CRM Brasil poderão iniciar as atividades nos municípios até o dia 14 de dezembro. Para o dia 18, a pasta prevê publicar a lista dos médicos homologados e que começaram as atividades em todo o país.