Parada Livre ocorre neste domingo, em Porto Alegre

Com cinco trios elétricos, estão programadas apresentações de drag queens, transformistas, grupos de danças e músicos

Parada Livre é realizada desde 1997 | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

22ª edição da Parada Livre de Porto Alegre será realizada neste domingo, a partir das 13h, na Redenção, em Porto Alegre. Mesmo com a chuva, o evento, que ocorre junto à avenida Setembrina, está confirmado. Terão pelo menos cinco trios elétricos, com apresentações de drag queens, transformistas, grupos de danças e músicos.

A parada é realizada há mais de 20 anos na Capital, com o objetivo de celebrar a diversidade e chamar a atenção para a violência contra lésbicas, gays, bissexuais, trans e travestis. “A Parada é para pedir respeito a esta causa e mostrar que a comunidade LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e intersexuais) não está sozinha. Um momento para celebrar e mostrar força”, ressalta o coordenador da Diversidade, Daniel Boeira.

O evento – organizado por 18 coletivos – que reunir não apenas a população LGBTI, mas todos que apoiem a bandeira da diversidade. A Parada Livre não é a única desse segmento realizada em Porto Alegre. No primeiro semestre, a Capital teve a Parada de Luta LGBTI, também no Parque Farroupilha. O evento é apoiado pela prefeitura de Porto Alegre.