Operação Viagem Segura da Proclamação da República começa nesta quarta

Operação acontece até meia noite de domingo

Foto: Leandro Osório/Arquivo Palácio Piratini

A Operação Viagem Segura da Proclamação da República começa nesta quarta-feira. A 95ª edição da operação se estende até domingo, com a participação da Polícia Rodoviária Federal, Detran RS, Polícia Civil, Brigada Militar e Comando Rodoviário da BM. Na próxima quinta-feira, acontecerá a Megablitz em Porto Alegre.

O feriado de Proclamação da República teve média de 5,9 óbitos por dia desde 2007, um pouco abaixo da média geral entre os feriados, que é de 6,4, mas bem acima dos dias de semana, quando morrem 4,3 pessoas por dia no Estado. Isso corresponde a dizer que a cada quatro horas e quatro minutos, uma pessoa perde a vida no trânsito, nesse período.

O número de mortes por dia vem caindo desde 2013, quando ocorreu um pico de 7,5. No ano passado, como o feriado de 15 de novembro caiu em uma quarta-feira, a operação durou apenas um dia, quando foi registrada apenas uma vítima fatal, a menor marca já registrada na série histórica.

Viagem Segura

A Operação Viagem Segura está presente no Rio Grande do Sul desde 2011, mobilizando a fiscalização por 397 dias em suas 94 edições. As ações contabilizam 5.388.252 veículos fiscalizados (equivalente a mais de 80% da frota gaúcha, que hoje é de 6,7 milhões) e 212.722 testes de etilômetro realizados. Foram registradas 968.404 infrações, sendo 19.094 autuações por embriaguez, incluindo as recusas ao teste do etilômetro. A fiscalização também recolheu 90.248 veículos e 24.769 carteiras de habilitação.

Também reforçam a fiscalização promovendo ações de conscientização ANTT, Dnit, Cetran/RS, Daer, EGR, Metroplan e Famurs, além de representantes da sociedade civil organizada, como o Lions Club. A Viagem Segura ganhou o reforço da Megablitz desde 2016, controlando os motoristas antes de saírem da cidade. É realizada pelos agentes da Balada Segura (Detran RS e EPTC) em conjunto com a Brigada Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal, sempre nas saídas da Capital.