Mesmo sem propostas, Odair começa planejamento do Inter para 2019

Técnico quer foco nos cinco jogos finais do Brasileirão e acertar contrato após a eleição

Odair negou que tenha recebido propostas do Inter ou de outros clubes | Foto: Guilherme Testa

O técnico do Inter, Odair Hellmann, revelou nesta terça-feira, em entrevista ao programa Ganhando o Jogo, da Rádio Guaíba, que já iniciou as conversas para planejar a temporada 2019 no clube. Apesar da eleição para a presidência do Colorado, marcada para o dia 8 de dezembro, seis dias depois do final do Brasileirão, a ideia é antecipar as contratações para ter vantagem competitiva, principalmente pelas dificuldades financeiras.

“Como sou desprendido de vaidade, estou conversando a respeito do planejamento com as pessoas que temos que conversar. O planejamento não pode ser ‘se eu ficar’ ou ‘não ficar’, senão, perdemos as melhores opções. Não temos dinheiro para fazer grandes contratações, em termos financeiros, então, precisamos ser criativos e rápidos, como o mercado exige”, revelou o treinador.

Durante toda a entrevista, Hellmann fez questão de ressaltar que o foco do momento é os cinco jogos restantes do Brasileirão. Apesar das dificuldades de se aproximar do líder Palmeiras, que não perde há 18 jogos, o treinador segue acreditando que é possível conquistar o título, desde que todos no clube pensem exclusivamente no próximo compromisso. A concentração é tão grande que o técnico evita pensar no futuro, em propostas ou sondagens, faltando 45 dias para o fim do ano e menos de um mês para o fim das competições.

“Não tenho proposta para sair, nem sondagens”, declarou. “Tenho contrato até o final do ano e tenho que me preocupar com a parte técnica. Não tenho que entrar na parte política. Após o processo, quando alguém decidir sentar para conversar, vamos fazer isso”, completou o profissional.

Uso das categorias de base

Uma das críticas de parte da torcida, em especial nas redes sociais, é o aproveitamento dos jovens por Odair Hellmann. Com experiência de ter passado anos nas categorias de base do Inter, o treinador garante que seguirá incentivando a participação de todos. Porém, a permanência dos jovens atletas na equipe não depende exclusivamente do comandante.

“Vão ter oportunidades como tiveram esse ano. O Iago teve e se firmou. Juan (Alano) teve, Brenner teve e o Richard teve. Certamente, no próximo ano, se ficar aqui, vou oportunizar para os meninos. Pelo método de trabalho, o cara que está treinando bem, se desenvolvendo, recebe oportunidade e joga bem, começa receber mais oportunidades até se consolidar na equipe. Depende de cada um. A evolução é que vai dizer se vai seguir ou não”, explicou.

O Inter retorna aos treinamentos nesta terça-feira, às 16h, no CT do Parque Gigante. O último trabalho antes de enfrentar o América-MG, ocorre na quarta-feira, no mesmo horário. O jogo ocorre na quinta-feira, às 21h, no estádio Beira-Rio.