Em menos de 24h, Concepa demite quase 400 funcionários

Placas, câmeras e balanças foram repassados ao Dnit, que assumiu trechos concedidos nessa madrugada

Nas imediações da Arena do Grêmio, na freeway, o trânsito é acentuado | Foto: Triunfo Concepa / Divulgação / CP

Um dia após ter liberado as cancelas de pedágios da FreeWay, a Triunfo Concepa demitiu quase 400 funcionários, nesta quarta-feira. Hoje, trabalhadores das praças de pedágio da BR 290 em Gravataí, Santo Antônio da Patrulha e Eldorado do Sul, além dos responsáveis por outros serviços prestados pela concessionária, se despediram do emprego.

A maioria dos funcionários fazia, principalmente, o atendimento nas praças de pedágio, auxílio mecânico a usuários e conservação do trecho concedido. A concessionária garante dar suporte aos centenas de demitidos, incluindo treinamentos voltados à carreira, além de apoio para recolocação no mercado de trabalho. Sete trabalhadores já foram redirecionados à empresa que passou, hoje, a responder pelo içamento do vão móvel da Ponte do Guaíba.

Dentro do universo de aproximadamente 400 funcionários, a Concepa manteve apenas uma estrutura mínima administrativa. O número de empregados e as atividades que eles seguirão exercendo ainda não foram informados pela empresa.

A Concepa esclarece, também,  que as placas de trânsito não são retiradas da 290 e da 116. Câmeras do sistema de videomonitoramento, balanças e demais equipamentos foram repassados para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), que assumiu os trechos na madrugada passada.