IBGE lança sistema com informações para ajudar na recuperação RS

Proposta é gerar projetos para o diagnóstico e planejamento de políticas públicas

Crédito: Mauricio Tonetto/Secom

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lança nesta sexta-feira, 12, em evento online, uma nova área no SINGED Lab, com informações úteis sobre os municípios afetados pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Dele constam totais de população, domicílios e estabelecimentos dentro das áreas afetadas delimitadas pelas prefeituras, por órgãos estaduais e pelo governo federal. Os usuários também vão poder acessar uma lista com os endereços e coordenadas geográficas dentro do polígono das áreas afetadas.

Os dados vão integrar uma plataforma desenvolvida pela Diretoria de Geociências do IBGE (DGC) em conjunto com outras áreas do instituto, sendo a integração das informações se dará por meio do SINGED Lab, que é o laboratório de inovações do IBGE.

SINGED Lab

Formado por uma equipe interdisciplinar, o SINGED Lab IBGE tem por objetivo gerar projetos para o diagnóstico e planejamento de políticas públicas, para auxiliar na reconstrução das cidades atingidas por enchentes no estado do Rio Grande do Sul.

Mais de 200 gestores, estudantes, docentes, profissionais liberais, membros de organizações da sociedade civil e agentes públicos municipais e estaduais participaram das duas turmas do treinamento online do SINGED Lab, realizadas nos dias 3 e 7 de junho, dentre outras ações da força-tarefa do IBGE criada para auxiliar na recuperação das cidades gaúchas afetadas.