Locação comercial mantêm ritmo com alta de 1,11% em maio, aponta FipeZAP

Índice FipeZAP em Porto Alegreteve variação de +0,02%

Crédito: Freepik

Os preços de venda de salas e conjuntos comerciais de até 200 m² registraram uma valorização de 0,10% em maio de 2024, desacelerando em relação à alta de 0,25% em abril. Os dados fazem parte do Índice FipeZAP e, comparativamente, os preços de locação do segmento avançaram 1,11% em maio, mesma variação observada no mês anterior.

Analisando-se individualmente as 10 localidades em que o segmento comercial é monitorado pelo Índice FipeZAP, foi apurado que em Porto Alegre a variação foi de +0,02%. Quanto aos preços de locação do segmento, a capital gaúcha teve alta de +1,53%. No acumulado de 12 meses, os preços de venda de imóveis comerciais registraram ligeira queda de 0,14% nos últimos 12 meses, contrastando com a valorização acumulada de 8,36% no caso do aluguel comercial. Em Porto Alegre a variação foi de -2,54%.

De acordo com a amostra utilizada no cálculo do Índice FipeZAP Comercial de maio/2024, o valor médio de salas e conjuntos comerciais de até 200 m² foi avaliado em R$ 8.418/m2
, no caso de imóveis para venda, e de R$ 44,05/m2 entre unidade destinadas para locação. Considerando as cidades monitoradas pelo índice, Porto Alegre chegou a R$ 6.469/m² e R$ 33.92/m², respectivamente.

Já a rentabilidade do aluguel comercial, que é a razão entre o preço médio de locação e o preço médio de venda, o retorno médio do aluguel de imóveis comerciais foi calculado em 6,49% ao ano – percentual acima da rentabilidade projetada para a locação de imóveis residenciais (5,89% ao ano).

Contudo, ambas taxas ficaram marginalmente abaixo do, o retorno médio projetado de aplicações financeiras de referência nos próximos 12 meses, que voltou a crescer ao longo dos últimos meses. Considerando as 10 localidades em que os preços de imóveis comerciais são acompanhados pelo Índice FipeZAP, as taxas apuradas em Porto Alegre chegaram a 6,29% a.a.