Free Porn
xbporn

buy twitter followers
uk escorts escort
liverpool escort
buy instagram followers
Galabetslotsitesi
Galabetsondomain
vipparksitesigiris
vipparkcasinositesi
vipparkresmi
vipparkresmisite
vipparkgirhemen
Betjolly

Mesmo cadastrados na prefeitura, moradores da capital seguem relatando erro no Auxílio Reconstrução

Prefeitura informa ter encaminhado nesta terça os dados de cerca de 25 mil famílias, mas atingidos relatam erro de cadastro no sistema do Governo Federal

Terminal Triângulo, na Zona Norte, é um dos pontos de cadastramento presencial. Foto: Joel Vargas/Arquivo/PMPA

Morador da Cidade Baixa, Maurício Levy teve sua residência atingida pelo alagamento no bairro, resultando em danos na estrutura do imóvel, na perda de móveis, eletrodomésticos e itens pessoais. E a difícil tarefa de recomeçar sofreu um novo revés nesta segunda-feira, quando tentou conferir o recebimento do Auxílio Reconstrução, de R$ 5,1 mil, para pessoas atingidas pela enchente.

“CPF não cadastrado pela prefeitura. A prefeitura da cidade onde você mora não cadastrou a sua família”, foi a mensagem que apareceu na tela do celular de Levy ao entrar na plataforma disponibilizada pelo Governo Federal para acompanhar a solicitação. E ele não foi o único ao receber tal notificação. Moradores de outros bairros de Porto Alegre também relataram o mesmo transtorno ao acompanhar a plataforma.

“Fui atingido desde o dia da evacuação. Não consegui voltar para casa pois o prédio rachou e carece de estudos técnicos, depois de ficar 11 dias submerso no esgoto. Depois do erro (no sistema), não procurei a prefeitura. Mas um amigo tentou ajudar e ficou 52 minutos esperando atendimento no 156. É mais um caso de má gestão da prefeitura, que não me cadastrou mesmo morando em uma região que ficou submersa. Incompetência e negligência. Pois foi um problema causado por eles mesmos, pelo sucateamento do sistema de proteção contra cheias”, relatou Levy.

O morador cita ainda que já realizou um cadastro no site da prefeitura para obter o recebimento do auxílio, mas sem sinalização positiva por parte da plataforma para a solicitação do benefício no início da tarde desta terça-feira. Além da casa, a esposa dele também possui um café na Cidade Baixa. O estabelecimento registrou prejuízos com equipamentos, móveis, livros e demais objetos. O casal criou uma vaquinha online para ajudar na recuperação do espaço.

Conforme a prefeitura de Porto Alegre, o primeiro lote de cadastros foi encaminhado na manhã desta terça-feira para o Governo Federal. Até as 10h, dados de cerca de 25 mil famílias haviam sido encaminhados, com prioridade para pessoas que estão desabrigadas ou desalojadas. O segundo lote para pagamento do Auxílio Reconstrução contará com pessoas que realizaram o cadastro no Registro Unificado, conforme a mancha de inundação do Guaíba na cidade.

Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), é necessário que as pessoas façam sua inscrição no Registro Unificado, seja de forma online ou presencial. Até a segunda-feira, a pasta já havia recebido o cadastro de cerca de 70 mil pessoas, que passariam por um processo de análise para identificar quem tem direito ou não ao benefício. A SMDS ressaltou que toda pessoa que reside em uma área que foi atingida pela enchente tem direto a receber o auxílio.

Como se cadastrar no Registro Unificado:

Cadastro online pelo link.

Cadastro presencial:

– Das 8h30 às 17h:

  • Terminal Triângulo – avenida Assis Brasil, 4320;
  • Complexo Cultural Esportivo da Bom Jesus e Centro de Referência da Juventude – rua Marta Costa Franzen, 101;
  • Casa dos Conselhos – avenida João Pessoa, 1110, esquina com a Venâncio Aires;
  • Estação Cidadania da Lomba do Pinheiro – Estrada João de Oliveira Remião, 5250, bairro Agronomia;
  • Estação Cidadania Restinga – rua Arno Horn, 221, bairro Restinga;
  • Associação Comunitária Parque dos Maias (Acopam) – rua Gamal Abdel Nasser 562, Rubem Berta.

– Das 9h às 17h:

  • Departamento Municipal de Habitação (Demhab) – avenida Princesa Isabel, 1.115.
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile