test

Salariômetro: negociações salariais fechadas em abril têm reajuste médio de 4,5%

RS apresentou um aumento médio de 1,1% frente aos acordos analisados

Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

As negociações salariais fechadas em abril apresentaram um reajuste médio de 4,5%, um percentual que supera os 3,4% verificados no acumulado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) no período. Com o resultado, 87,7% dos reajustes ficaram acima do indicador, e 1,1 ponto percentual para o mês desde 2014, e o 17º mês seguido com percentuais acima do INPC.

As informações constam do Boletim Salariômetro elaborado pela Fipe – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. No ano de 2024, 41,3% dos reajustes tiveram ganho real de 2 pontos percentuais ou mais e se coloca nos melhores primeiros quatro meses do indicador desde 20214. As projeções do INPC se mantém abaixo de 4% para os próximos 12 meses, oferecendo condição para reajustes reais positivos.

O piso mediano de março, conforme o acordo, ficou em R$1.553, 9,4% acima do salário mínimo de R$ 1.412. A prévia de maio apontam reajuste mediano de 5,5% (contra uma projeção de 3,2% para o INPC). A Região Sul apresentou um aumento médio de 1,1% frente aos acordos analisados, mesmo percentual registrado no Rio Grande do Sul. No geral, o segmento de construção civil foi o que apresentou o maior reajuste percentual mediano, de 2,7%, enquanto agropecuária ficaram com 1,3%, mesmo percentual de serviços, indústria 1,2%, e o comércio com 1,0%.

Conforme o levantamento, a proporção de reajustes acima da variação do INPC foi de 92,8% dos acordos, enquanto 3,33% foram iguais, e 3,9% foram abaixo. Já o piso mediano de abril foi de R$1.610.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile