test

IBGE cria força-tarefa para ajudar RS e antecipará divulgação de dados do Censo 2022

Instituto oferecerá cursos para capacitação de prefeitos, secretários e equipes técnicas dos municípios gaúchos

Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) realizou na manhã desta segunda-feira uma apresentação das ações que a força-tarefa criada pelo instituto deve realizar para ajudar na retomada da normalidade no Rio Grande do Sul. O encontro virtual contou com a participação de prefeitos, secretários e agentes técnicos dos municípios gaúchos. O objetivo da força-tarefa é capacitar os gestores municipais ao uso das ferramentas e dados do IBGE para embasar o planejamento de reconstrução das áreas atingidas.

Conforme o presidente do IBGE, Marcio Poshmann, o instituto também atuará prestando informações por demanda para os gestores, além de oferecer cursos para as equipes técnicas dos municípios. “Em momentos decisivos da nação, o IBGE se fez presente. Nossos bancos de dados estão à disposição para oferecer as melhores respostas possíveis para a retomada do estado, além de oferecerem subsídios técnicos às políticas públicas e ações que permitam a recuperação do RS”, afirmou Poshmann.

Os cursos que serão oferecidos fazem parte de um cronograma de ações a médio prazo. No encontro, também foi lançado o SINGED Lab IBGE, o laboratório de inovação do instituto, que buscará gerar novas ideias a partir do diagnóstico de informações técnicas, estatísticas, geocientíficas e de dados produzidas pelo instituto, e centralizadas no Sistema Nacional de Geociências, Estatísticas e Dados (SINGED), com o uso de inteligência artificial.

Ainda conforme Poshmann, o portal IBGE Cidades possui mais de 30 mil indicadores para cada um dos municípios do Brasil, possibilitando que estas informações sejam cruzadas. Um exemplo dado no encontro foi o cruzamento de dados a partir de área de residência da população e mapas, permitindo a identificação de áreas de suscetibilidade a deslizamentos, além do uso da terra.

Antecipação de dados do Censo 2022

O IBGE também anunciou a antecipação da divulgação de microdados do Cadastro Nacional de Endereços para Fins Estatísticos (CNEFE) oriundos do Censo Demográfico 2022. As informações de endereçamento serão divulgadas na plataforma do instituto nesta terça-feira, às 10h. Ao todo, são mais de 106 milhões de endereços coletados no Censo 2022, incluindo logradouro, número, complemento, localidade e espécie da unidade.

Já no dia 14 de junho, serão divulgados materiais complementares e notas metodológicas. A partir dessa data, os dados poderão ser baixados ou explorados na Plataforma Geográfica Interativa (PGI) do IBGE. “A antecipação desses dados será importante para identificar as regiões atingidas através do endereçamento. Isso vai permitir entender as características, como número de residências e estabelecimentos comerciais nestes pontos”, completou Poshmann. O presidente ainda ressaltou que está sendo discutida a possibilidade do instituto realizar uma nova pesquisa específica no RS.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile