test

Azeite Capolivo cresce 130% no primeiro trimestre

Venda é equivalente aos seis primeiros meses do ano anterior

Produzido na Fazenda Tarumã da Boa Vista, no Rio Grande do Sul, o azeite de oliva da Capolivo coleciona mais de 30 prêmios, incluindo o título de melhor azeite do Brasil, no concurso internacional Olivinus. O reconhecimento atraiu atenção e alavancou as vendas da marca, que no primeiro trimestre de 2024, obteve um crescimento de 130% nas vendas em comparação ao mesmo período em 2023. Ou seja, nos últimos três meses, comercializou o equivalente aos seis primeiros meses do ano anterior.

Os bons resultados são reflexo do crescimento e fortalecimento da marca e da chegada em novos pontos de venda. Em 2023, a Capolivo alcançou 80 novos estabelecimentos, espalhados pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal, além de marcar presença em novas lojas no Rio Grande do Sul.

O volume de chuvas acima do previsto no último ano, no entanto, freou os projetos de expansão da marca. A estimativa é uma produção reduzida este ano. Para atender a demanda atual do mercado, a estratégia da família Capoani, que está à frente do negócio, será trabalhar a sua quinta safra comercial, com azeites de excelente qualidade e premiados em diversas competições, extraídos da colheita de 2023, que produziu 16 mil litros.

Atualmente, a Capolivo é comercializada em mais de 370 estabelecimentos no Brasil. Em seu site, na seção “Onde encontrar”, é possível localizar o ponto de venda mais próximo através da geolocalização. Segundo Carolina Capoani,  já há interesse em exportação. “Com os reconhecimentos que estamos recebendo em premiações internacionais, é natural que haja interesse comercial de outros países. Neste momento, nosso foco está em expandir nossa marca pelo Brasil, mas é provável que, em breve, a qualidade do azeite extra virgem gaúcho conquiste outros mercados”, revela.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile