DMLU recolhe uma tonelada de resíduos após Carnaval no Porto Seco

Funcionários também participaram da primeira noite dos desfiles no bloco da sustentabilidade

O Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) montou um esquema especial de limpeza após os desfiles das escolas de samba no Complexo Cultural do Porto Seco. Na ação encerrada neste domingo, 25, foi retirada cerca de uma tonelada de resíduos.

As equipes atuaram ostensivamente nas dependências do complexo durante todo o evento, na sexta-feira e sábado, 23 e 24. Nos locais usados pelo público e para os desfiles, 70 garis trabalharam em turnos de 12 horas, das 18h às 6h, nas duas noites de folia. Foi feita a varrição da passarela ao final de cada apresentação na avenida e também a conservação das áreas internas e externas do local.

Os cuidados com o entorno do sambódromo começaram na primeira manhã após os desfiles, às 8h de sábado, 24, com um outro grupo de 15 funcionários, na rua Ariovaldo Alves Paz. Ao término do Carnaval, o efetivo voltou ao Porto Seco e executou as atividades até o meio-dia deste domingo, 25. Os resíduos recolhidos pelo mutirão foram encaminhados ao aterro sanitário, localizado em Minas do Leão.

Uma força-tarefa já havia feito um trabalho de limpeza prévio para os desfiles, iniciado em 12 de fevereiro, que recolheu aproximadamente 250 toneladas de resíduos do entorno do Porto Seco.

Para o diretor-geral do DMLU, Paulo Marques, o comprometimento das equipes durante todo o planejamento da operação especial de limpeza foi essencial para assegurar o sucesso do evento. “O DMLU esteve presente em várias frentes para contribuirmos com a bela festa de Carnaval que a cidade merece. Além da atuação dos nossos garis, que prepararam tanto a área interna e externa do Complexo, o Bloco da Sustentabilidade do DMLU também participou da folia, abrindo a primeira noite de desfiles”, destaca.

 

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile