test

Totem de segurança começa a operar em Porto Alegre

Estrutura fica na Orla do Guaíba e deve fornecer videomonitoramento, botão de emergência e uma série de outras funções

Foto: Alice Felizardo/SMSEG/PMPA

Um totem de segurança interativo começa a operar em Porto Alegre, na Orla do Guaíba, na tarde desta quinta-feira. O equipamento tem funções como videomonitoramento com capacidade de análise comportamental e botão de emergência.

Os totens de segurança interativos têm quatro metros de altura e são equipados com três câmeras de videomonitoramento cada, garantindo cobertura de 360º em imagens. Eles possuem sistema anti-vandalismo, anti-trote, capacidade análise comportamental e reconhecimento facial. A Prefeitura da cidade afirma que o recurso está operando em fase de testes.

A expectativa da Prefeitura é de que o sistema, que compreende dez equipamentos em áreas de grande circulação de pessoas, esteja operando plenamente nas primeiras semanas de janeiro. Outros quatro totens — localizados no POP Center, Estação Rodoviária Central, Auditório Araújo Vianna e Elevada da Conceição — já estão em fase final de instalação. O aluguel dos equipamentos ocorreu sob investimento anual de R$2,3 milhões.

“A instalação dos totens representa o primeiro passo de um projeto que passará, nos próximos meses, pelo início da instalação de novas câmeras e softwares para o Ceic”, afirma o secretário municipal de Segurança, Alexandre Aragon.

Centro de Operações

O Centro de Operações dedicado exclusivamente aos totens, instalado na base da Guarda Municipal no trecho 1 da Orla, também já está funcionando. A estrutura vai operar de forma concomitante ao Centro Integrado de Coordenação de Serviços (Ceic-POA). Os servidores que vão se dedicar ao videomonitoramento e atendimento de ocorrências passaram por treinamento na terça-feira.

“Na prática, os totens funcionam como se a Guarda Municipal permanecesse com viaturas paradas, 24 horas por dia, nos pontos definidos para a instalação. O objetivo dos equipamentos é aumentar a sensação de segurança da população, atender à necessidade de vigilância e servir como ponto de comunicação direta com a população”, ressalta a diretora de Planejamento e Políticas de Segurança Municipal, Gabriela Veríssimo.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile