Conferência para revisão do Plano Diretor inicia nesta terça-feira, em Porto Alegre

A ideia da prefeitura é enviar o plano para ser analisado pela Câmara de Vereadores até o final deste ano

Foto: Alex Rocha / Prefeitura de Porto Alegre

O secretário Municipal do Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade, Germano Bremm, falou sobre a importância da conferência para revisão do Plano Diretor de Porto Alegre, no programa Bom Dia, da Rádio Guaíba. Marcado para iniciar nesta terça-feira (07), o evento ocorre até quinta (09), no Salão de Atos da PUCRS, e tem o objetivo de definir questões voltadas ao planejamento urbano da Capital. Na visão do titular da pasta, é necessária uma mudança na mentalidade na elaboração das estratégias para a cidade, por parte do poder municipal.

Para o secretário, o debate se torna necessário devido à modernização da cidade. Na visão de Bremm, o antigo plano, elaborado em 1999 tornou-se obsoleto, apesar da revisão feita em 2010. “Por isso a gente está neste debate da construção do novo plano diretor, para de fato refletir na política urbana uma visão de cidade já mais contemporânea, mais evoluída, menos burocrática, que gere riqueza, que retenha o talento do nosso município, que atraia novos talentos, que as pessoas queiram morar na cidade de Porto Alegre porque a riqueza faz transformação econômica, mas especialmente transformação social”, declarou.

A ideia da prefeitura é seguir elaborando o novo plano para enviar e ser analisado pela Câmara de Vereadores até o final deste ano. Bremm destaca também que demandas dos cidadãos trazidas nos debates e conferências realizadas em Porto Alegre serão levadas em conta. “O que as pessoas ao fim do cabo querem é resolver a mobilidade, querem habitação, querem melhorar o espaço público, querem menos tempo no trânsito, esses são os desafios da cidade. Então, é nessa perspectiva que a gente trouxe e está propondo pra esse novo Plano Diretor cinco objetivos gerais para resolver o principais desafios da idade da vida urbana”, revelou.

Os cinco principais objetivos que estarão em pauta são: Qualificar os espaços públicos e potencializar a utilização do Guaíba; reduzir o tempo de deslocamento das pessoas nos trajetos diários; reduzir o custo da habitação e garantir o acesso de todos à cidade; adaptar a cidade para os efeitos das mudanças climáticas e zerar as emissões de gases de efeito estufa; e fortalecer o planejamento urbano com base na economia urbana para responder eficientemente às dinâmicas da cidade e potencializar suas formas de financiamento.

Germano Bremm acredita que uma mudança na mentalidade da elaboração das estratégias públicas é necessária e isso vai ser colocado em pauta para a elaboração de novas diretrizes do Plano Diretor. “Ele é muito organizado para ser reativo, para analisar projeto privado no lote da cidade regular. E pouco, ou nenhuma forma organizada para fazer e desenvolver projeto para captar recursos, gerar dinheiro, para fazer esses projetos de espaço público, que é tudo muito individualizado. A Secretaria X, mobilidade, cuida de um determinado assunto, aí outra secretaria cuida do outro e não tem um pensamento estratégico, uma diretoria, alguém que pense e que faça projetos de espaço público”, finalizou.

O evento de revisão da legislação que define o planejamento urbano da cidade já está com as inscrições abertas on-line. A Conferência de Revisão do Plano Diretor de Porto Alegre acontece nos dias 07, 08 e 09, nos turnos da tarde e noite. No primeiro dia, 07 de novembro, terça-feira, o encontro será das 17h às 21h. Na quarta-feira, dia 08, as atividades começam mais cedo: das 14 às 17h e 18h às 21h. No último dia, quinta-feira, 09, das 17h às 21h.

Durante a conferência, será aberta uma consulta pública on-line para o recebimento de contribuições externas.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile