test

Programa com foco em negócios de impacto periférico abre inscrições

Evento pretende selecionar negócios de impacto periféricos

Crédito: Freepik

Estão abertas, até o dia 23 de outubro, as inscrições para o Amplitude Perifa, uma correalização Instituto Helda Gerdau e Semente Negócios (execução metodológica), e apoio da Coalizão Pelo Impacto Porto Alegre. O objetivo é selecionar negócios de impacto periféricos que atuem na resolução de demandas sociais ou ambientais e contribuir com seu desenvolvimento e evolução. O programa é gratuito.

Podem participar pessoas físicas maiores de 18 anos, microempreendedores individuais, pequenos e médios negócios, com atuação há pelo menos três meses anteriores à data de lançamento do edital. A inscrição deve ser feita via formulário, acompanhada de toda a documentação, pelo site.

As iniciativas selecionadas vão receber capacitação por meio de oficinas com equipes e consultorias individuais personalizadas, que vão atender às necessidades de cada negócio. Além disso, o programa destinará um aporte financeiro no valor de R$30 mil para cada negócio selecionado para o Amplitude Perifa.

MARATONA

Uma Maratona Empreendedora vai compor a primeira etapa do programa, seguida da apresentação dos pitches (exposição rápida de um produto/serviço/negócio) para uma banca avaliadora composta por pessoas mentoras e especialistas de mercado. Haverá ainda oficinas preparatórias para inscrição das pessoas interessadas em participar.

Para Josy Santos, líder de impacto na Semente Negócios, o programa Amplitude Perifa é uma oportunidade para que a diversidade nos ambientes de negócio se evidencie, além de ser uma forma de apoio fundamental para quem empreende na periferia.

“Em 2021, uma pesquisa da FGV SP mostrou como as desigualdades sociais refletem no empreendedorismo realizado nas periferias. Além do capital financeiro, segundo a pesquisa, quem empreende nas periferias tem dificuldades acentuadas de acesso a outros tipos de capital, como o humano, psicológico e o social. Logo, investir em capacitação, desenvolvimento e na evolução de negócios de impacto periférico, como propõe o programa Amplitude Perifa, é mais um passo importante”, finaliza. 

Já Carolina Hermeling, analista de responsabilidade social do Instituto Helda Gerdau, pensa que o importante avanço do capital filantrópico para apoio aos empreendedores, que dobrou de 2020 para cá, ajuda a reforçar ainda mais o valor de como tais recursos devem estar à serviço desses tipos de negócios.

“Onde existem mais risco e dificuldade para as pessoas empreendedoras, que é o que o Instituto Helda Gerdau está propondo com a parceria. Por outro lado, a Semente Negócios corrobora o dado do aumento de apoio através de capacitação, treinamento e fortalecimento da gestão, além do aumento da fonte de receita dessas organizações de apoio provenientes de empresas, institutos e fundações. Isso, por sua vez, desonera as pessoas empreendedoras, principalmente as periféricas, que mais precisam de apoio, com iniciativas gratuitas e sem contrapartidas”, completa.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile