test

Lucro líquido da Petrobras cai 47% no segundo trimestre

Receita líquida da estatal ficou em R$ 113,840 bilhões, ante R$ 170,960 bilhões de um ano antes

Foto: Andre de Souza / Petrobras / Divulgação

A Petrobras anunciou um lucro de R$ 28,7 bilhões de forma líquida no segundo trimestre de 2023, enquanto na comparação trimestral houve queda de 24,6% e na anual, de 47%, já projetada por conta do recuo do petróleo frente aos dois períodos de comparação. O preço médio do petróleo tipo Brent ficou em US$ 78,39 por barril entre abril e junho, queda de 31,1% versus um ano antes.

A receita líquida da petroleira estatal ficou em R$ 113,840 bilhões, ante R$ 170,960 bilhões de um ano antes e de R$ 139,068 bilhões do trimestre imediatamente anterior. A queda na base anual foi de 33,4% e, comparado com o primeiro trimestre deste ano, foi 18,1% menor. De acordo com a estatal, o declínio da receita pode ser explicado pela desvalorização de 4% do Brent e a redução de mais de 40% no crack spreads internacionais de diesel, além de menores receitas com exportações.

Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado totalizou R$ 56,690 bilhões, um recuo de 21,8% na base trimestral e de 42,3% na base anual. O Fluxo de Caixa Livre (FCL) atingiu R$ 33,3 bilhões.

Entre abril e junho, a estatal brasileira registrou uma produção total, em média, de óleo, LGN e gás natural no segundo trimestre de 2023 de 2,64 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), uma redução de 0,6% em relação à produção do mesmo período do ano passado e de 1,5% abaixo da produção do primeiro deste ano. Só de petróleo foram 2,1 milhões de barris.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile