Mineiro é o primeiro brasileiro negro a se formar em Harvard

Arthur Abrantes, que havia sido aprovado em outras seis faculdades americanas, formou-se em Computação

Foto: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

Arthur Abrantes já tinha feito história ao ser aprovado em sete universidades dos Estados Unidos com apenas 18 anos de idade. Agora, o recém-formado em Harvard alcançou um novo marco: ele é o primeiro brasileiro negro a se graduar na super reconhecida e cobiçada faculdade americana.

“É uma universidade histórica. Várias pessoas muito importantes, como presidentes dos EUA e empreendedores reconhecidos, como Bill Gates e Mark Zuckerberg, se formaram lá. Foi uma oportunidade única”, disse Arthur, de 25 anos.

Depois de seis anos, o mineiro, natural de Paracatu, a 502 km de Belo Horizonte, conseguiu levar a família pela primeira vez ao país para acompanhar a entrega do diploma em Computação. Ele dedicou a graduação a uma pessoa que lhe deu oportunidades de trilhar esse caminho, mas não conseguiu vê-lo receber o canudo. O pai do jovem morreu em um acidente de carro, em 2018.

Arthur teve o curso todo custeado por Harvard. A universidade pagou, inclusive, as passagens aéreas que o permitiram chegar aos Estados Unidos. Porém, antes de todo o processo, o mineiro precisou se tornar fluente em inglês, já que essa é uma exigência das instituições do país.

Agora, o jovem vai continuar morando em Los Angeles, trabalhando como engenheiro de software em uma startup. Para o futuro, ele conta que os planos são empreender e criar o próprio negócio, seja no Estados Unidos ou no Brasil. “Quero criar um negócio para resolver algum problema, não sei qual ainda, mas algo relevante que ajude as pessoas ou outras empresas”, disse.