Devido à mudança no cálculo do ICMS, contas da CEEE Equatorial ficam mais baratas no RS

Conforme a empresa, a redução se deve à alíquota máxima de 17% de ICMS no faturamento do serviço

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil / CP

As contas de luz da CEEE Equatorial sofrem redução no valor, a partir de hoje, para 1,8 milhão de clientes residenciais e comerciais no Estado. Conforme a empresa, a redução se deve à alíquota máxima de 17% de ICMS no faturamento do serviço, determinada pelo
governo gaúcho através de decreto, no último dia 30 de junho. Antes da mudança, as taxas eram de 25%.

“Temos compromisso com a agilidade e a transparência na composição da conta de
luz. A partir do decreto estadual, houve uma mobilização durante o final de semana para
garantir que as faturas de mais de 93% dos nossos consumidores cheguem mais baixas já no vencimento deste mês”, explica Rafael Ávila, gerente de Gestão Comercial da
concessionária.

Segundo Ávila, a fatura vai apresentar duas linhas indicando o consumo e o valor. Na primeira, apurada entre a leitura anterior e o último dia de vigência da alíquota anterior, em 22 de junho, terá incidência de 25%. Na segunda linha, aparecerá a cobrança referente ao período a partir de 23 de junho, com aplicação do novo percentual, de 17%.

A CEEE Equatorial atende 72 municípios gaúchos, entre eles, Porto Alegre e cidades da Região Metropolitana, do Litoral e do Sul do Estado.