Polícia dos EUA prende suspeito de ataque a tiros em desfile na região de Chicago

Robert E. Crimo 3º, de 22 anos, dirigia por uma estrada próxima do local do crime e não resistiu à ação das autoridades

Robert E. Crimo 3º, de 22 anos, apontado como autor do ataque. Foto: Governo de Illinois

Autoridades dos Estados Unidos prenderam, na noite desta segunda-feira, o suspeito do ataque a tiros durante o desfile de 4 de Julho, na cidade de Highland Park, na região de Chicago. Seis pessoas morreram e outras 31 ficaram feridas no atentado, de acordo com a imprensa local.

Robert E. Crimo 3º, de 22 anos, ficou foragido por pouco mais de dez horas mas, segundo o jornal Chicago Sun-Times, acabou detido pelas autoridades “sem incidentes” enquanto dirigia por uma estrada próxima ao local do crime.

O preso é suspeito de ter usado um rifle de grosso calibre para atirar contra participantes de um desfile para comemorar a independência dos EUA. Highland Park soma pouco menos de 30 mil habitantes.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, se disse “chocado” com o ataque na região metropolitana de Chicago, e afirmou que vai trabalhar para que eventos como este sejam menos comuns no país.

As autoridades dos Estados Unidos não divulgaram possíveis hipóteses para o atentado supostamente cometido pelo homem preso.