Pesquisa mostra intenção de voto para governo e Senado no RS

Levantamento do instituto Paraná Pesquisa ouviu 1.540 eleitores

Palácio Piratini. Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

Um levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, publicado nesta segunda-feira, revela os índices de intenção de voto dos eleitores do Rio Grande do Sul para o cargo de governador e de senador em outubro deste ano.

Para o governo do Estado, a pesquisa apresentou o seguinte resultado:

Eduardo Leite (PSDB): 29,5%
Onyx Lorenzoni (PL): 22,1%
Beto Albuquerque (PSB): 7,6%
Luis Carlos Heinze (PP): 6,6%
Edegar Pretto (PT): 5,3%
Pedro Ruas (PSol): 2,5%
Vieira da Cunha (PDT): 2,2%
Gabriel Souza (MDB): 2,1%
Roberto Argenta (PSC): 1,2%

Para um eventual segundo turno, três cenários foram simulados, com o seguinte resultado:

Eduardo Leite (PSDB): 42,3% x Beto Albuquerque (PSB): 28,7%; 21,4% Nenhum/Branco/Nulo; 7,7% Não sabe/Não respondeu

Onyx Lorenzoni (PL): 35,5% x Beto Albuquerque (PSB): 31%; 24,2% Nenhum/Branco/Nulo; 9,4% Não sabe/Não respondeu

Eduardo Leite (PSDB): 43,1% x Onyx Lorenzoni (PL): 34,9%; 15,7% Nenhum/Branco/Nulo; 6,4% Não sabe/Não respondeu

Já para o cargo de senador, o primeiro cenário apresentado é o seguinte:

Ana Amélia Lemos (PSD): 26,4%
General Hamilton Mourão (Republicanos): 23,4%
Miguel Rossetto (PT): 10,6%
Lasier Martins (Podemos): 8,7%
Nelson Marchezan Junior (PSDB): 4,8%
Comandante Nádia (PP): 3,8%

Já o segundo cenário, com a troca do nome de Miguel Rossetto pelo de Beto Albuquerque, mostra:

Ana Amélia Lemos (PSD): 25,3%
General Hamilton Mourão (Republicanos): 23,4%
Beto Albuquerque (PSB): 11,5%
Lasier Martins (Podemos): 8,9%
Nelson Marchezan Junior (PSDB): 4,9%
Comandante Nádia (PP): 3,9%

Contratado pelo próprio instituto, o levantamento ocorreu entre os dias 27 de junho e 1º de julho. Foram ouvidos 1.540 eleitores, em nível de confiança que atinge 95% para uma margem estimada de erro de aproximadamente dois pontos e meio para cima ou para baixo. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número RS-07079/2022.

Veja a sondagem completa