Bolsonaro faz suspense sobre possível encontro com Elon Musk nesta sexta em SP

Crédito: Shutterstock

O presidente Jair Bolsonaro anunciou que se encontra nesta sexta-feira com uma “pessoa muito importante, reconhecida no mundo todo”. Conforme o presidente, “essa pessoa veio para ajudar nossa Amazônia”, sem revelar a identidade.

O encontro está previsto para o Hotel Fasano em Porto Feliz, interior de São Paulo, por volta das 10 horas, deve ser com o bilionário americano Elon Musk, dono da Tesla e negocia uma operação para comprar o Twitter. Na pauta a reunião uma possível parceria para fazer a vigilância da Amazônia por meio de satélites.

O encontro, que não consta da agenda oficial do presidente, acontecerá às margens do “Conecta Amazônia”, evento para discutir marcos regulatórios, regulação na Amazônia e conectividade nas escolas. Musk está na lista dos 10 primeiros do ranking de bilionários da Forbes e que estão US$ 100 bilhões menos ricos.

Desde o lançamento da lista, em 5 de abril, até agora, perderam o equivalente ao PIB do Equador, ao passar de um patrimônio acumulado de US$ 1,3 trilhão para US$ 1,2 trilhão. Quem mais perdeu foi o fundador da Amazon, Jeff Bezos, que viu uma desvalorização de 22,2% de sua riqueza em apenas um mês e meio, de US$ 171 bilhões para US$ 133 bilhões. Mesmo assim, Bezos se manteve na segunda posição da lista, atrás de Elon Musk, que teve uma retração de 0,88% na sua fortuna, para US$ 217,3 bilhões.