Litoral Norte registra ressaca após passagem do ciclone pelo RS

Ondas maiores deverão ocorrer entre a noite desta quarta e a madrugada desta quinta

Ondas no Litoral Norte podem chegar a cinco metros após passagem de ciclone no RS | Foto: Matheus Piccini/CP

Além de causar diversos estragos no Litoral Norte durante a tarde e a noite dessa terça-feira, a passagem do ciclone Yakecan provocou o avanço do mar em algumas praias do Rio Grande do Sul. Em Mostardas, por exemplo, as águas se aproximaram das guaritas no dia de ontem. Já nesta quarta-feira, foi possível ver que em Xangri-lá, na Plataforma Marítima de Atlântida, as ondas estavam quebrando fortemente na costa. A MetSul Meteorologia, porém, informou que a ressaca maior poderá ser registrada entre a noite de hoje e a madrugada desta quinta. Projeções da Marinha indicaram que as ondas podem chegar a cinco metros.

O cenário de ressaca ocorrerá já com o ciclone afastado do Rio Grande do Sul. Durante a manhã desta quarta, o fenômeno se deslocou para Leste de Santa Catarina, perto de Florianópolis. A MetSul já previa a trajetória, que acabou se confirmando com o ciclone passando às margens da costa gaúcha, de Sul a Norte, antes de aparecer na altura do território catarinense.

O ciclone provocou rajadas intensas de vento em diversas localidades do Estado. No Litoral, mais precisamente na área de Mostardas, o vento soprou pouco acima dos 100 km/h. Em Rio Grande, a velocidade máxima chegou a 97 km/h, mas outras regiões não ficaram muito atrás, como São José dos Ausentes, em que a ventania atingiu 91 km/h.

Ventania derrubou cerca de metal em terreno de Capão da Canoa / Foto: Matheus Piccini /CP
Em Osório, o vento do ciclone também provocou danos / Foto: Matheus Piccini /CP

As rajadas foram ainda mais fortes em Santa Catarina, já que no Morro da Igreja, no Planalto Sul Catarinense, a velocidade contabilizada foi de 126 km/h. No Sul catarinense, Siderópolis anotou 108 km/h. Com o afastamento de Yakecan do território gaúcho, o vento nesta quarta-feira sopra durante o dia predominantemente fraco com períodos de moderado no Leste gaúcho e ainda podem se dar algumas rajadas ocasionais, sobretudo na costa. As rajadas na orla tendem a ser muito menos frequentes que ontem.

A previsão 

A quarta-feira no Rio Grande do Sul será de muitas nuvens e chuva em grande parte das regiões. A Metade Leste do Estado poderá registrar pancadas fortes isoladas, enquanto em diferentes locais do Oeste o sol poderá aparecer. Com a presença da nebulosidade e chuva, será outro dia frio. Há a possibilidade de chuva congelada nos Aparados da Serra, mas as condições para este cenário cessam com o passar das horas.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile