Preço dos combustíveis se mantém estáveis no país, revela pesquisa da ANP

Guilherme Almeida / CP

O preço máximo do litro da gasolina comum encontrado pelo Brasil se manteve acima dos R$ 8, na quinta semana consecutiva. Conforme levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP) no período de 03 a 09 de abril, Minas Gerais e São Paulo se mantiveram com os valores mais altos cobrados pelo litro do produto, vendido a R$ 8,49 por litro. O local com o menor preço máximo foi Amapá, com R$ 6,73. No Rio Grande do Sul, o preço médio praticado no estado é de R$ 6,82, contra R$ 6,84 da semana passada.

A pesquisa da agência também identificou que o preço médio praticado nos 26 estados e Distrito Federal é de R$ 7,19, contra R$ 7,20 da semana anterior. Considerando o preço médio praticado no mês de março, a gasolina comum apresentou um acréscimo de R$ 0,18 na última semana. No Rio Grande do Sul, o preço médio praticado é R$ 0,12 superior aos R$ 6,72 o litro praticado em média no mês de março.

ETANOL

Já o preço máximo do litro do etanol vendido no Brasil encostou nos R$ 8 por litro, chegando a R$ 7,89. Conforme levantamento da ANP, o preço médio praticado no país é de R$ 5,01, contra R$ 4,99 praticado na semana anterior.

O Rio Grande do Sul tem o valor mais alto do litro do produto, vendido a R$ 7,89. O local com o menor preço médio foi São Paulo, com R$ 4,75. Para os gaúchos, o preço médio praticado no estado é de R$ 6,29, contra R$ 6,19 da semana anterior.

GLP

Antes da Petrobras reduzir o preço do GLP para as distribuidoras, de R$ 4,48 para R$ 4,23 o quilo, o que representa R$ 54,94 a cada botijão de 13kg, o botijão de 13 quilos era vendido na semana pesquisada pela pelo valor médio de R$ 113,54 no Brasil, segundo a ANP, contra R$ 113,63 na semana anterior. O menor preço médio praticado no país foi no Rio de Janeiro, com R$ 101,52, e o maior em Santa Catarina, Rondônia, Pará e Mato Grosso, por R$ 150,00. Já os gaúchos estão pagando R$ 113,30, em média, pelo botijão de gás desde a semana passada.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Sair da versão mobile