Estudo aponta que famílias pagaram mais de R$ 233 bi em juros no primeiro semestre

Dinheiro. Foto: Marcello Casal / Agência Brasil

As famílias brasileiras pagaram R$ 233,5 bilhões em juros no primeiro semestre de 2021. O valor consta do relatório da FecomercioSP que tem por objetivo quantificar o volume de recursos destinado ao pagamento de juros em operações de crédito livre e inadimplência.

Esses pagamentos são o segundo item entre as maiores despesas dos brasileiros, superado apenas pelo gasto com aluguel e a frente de valores destinados à educação, saúde e vestuário neste ano.

Conforme o estudo, o valor corresponde a 14 vezes o valor correspondente ao pagamento de R$ 16,8 bilhões do auxílio emergencial. O juro médio pago pela pessoa física apontado pelo estudo foi de 2,94% ao mês, ou 19% no total do primeiro semestre, abaixo do 21,4% do mesmo período de 2020, que teve uma taxa mensal de 3,28%. No caso da inadimplência, o estudo indica que a taxa de atraso acima de 90 dias foi de 4,12% entre as pessoas físicas ao final de junho de 2021. No ano passado, esse percentual foi de 5,30%.