Após saída de secretários na Economia, dólar vai a R$ 5,70

Alta de 0,63% foi registrada nas primeiras horas desta sexta-feira

Dólares. Foto: Marcos Santos/USP Imagens/CP

A partir da saída em massa do Ministério da Economia, o dólar abriu esta sexta-feira em alta. Segundo informações do Estado de São Paulo, às 9h38min, a moeda norte-americana alcançou R$ 5,70 por conta de um acréscimo de 0,63%.

Nessa quinta-feira, o secretário do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, e do secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, dois dos principais nomes da pasta comandada por Guedes pediram demissão. Além deles, seus adjuntos também cruzaram a porta de saída por discordarem do drible no teto de gastos para arcar com os recursos destinados ao Auxílio Brasil, programa que prevê o pagamento de um benefício de R$ 400.

Conforme o blog de Christina Lemos publicou, o time considerou que a precipitação do anúncio do novo Auxílio Brasil sinalizava para o “fim da linha” no controle de gastos. As baixas caracterizam um desmonte no núcleo central da equipe econômica e isolam ainda mais o ministro Paulo Guedes, fragilizado pela defesa de posições conflitantes com a área política do governo e pela revelação de contas em paraíso fiscal.