Morre ex-presidente do TST, Ronaldo Lopes Leal

Magistrado gaúcho, que também presidiu o TRT-RS, faleceu aos 84 anos

Magistrado era natural de São Jerônimo - Crédito: Divulgação / CP

O ministro aposentado Ronaldo José Lopes Leal, com atuação no Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 1995 a 2007, faleceu neste sábado, aos 84 anos. A presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministra Maria Cristina Peduzzi, decretou luto de três dias no Tribunal, assim como a AMATRA.

Leal também trabalhou como presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS), da AMATRA IV (gestão 1975/1977) e da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra). Em comunicado, a AMATRA IV destacou as valorosas qualidades do magistrado.

Ronaldo Lopes Leal nasceu em São Jerônimo, no Rio Grande do Sul. Foi formado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em Ciências Jurídicas e Sociais. Em 1960, iniciou a carreira como advogado e ingressou na magistratura em 1963.

De 2002 a 2004, foi corregedor-geral da Justiça do Trabalho. Exerceu a Vice-Presidência de 2004 a 2006 e foi eleito presidente do Tribunal Superior Trabalho para o período de 2006 a 2007. Um mês após o término do mandato, o ministro entrou em aposentadoria.