STJD derruba liminar e Flamengo não terá público nos jogos do Brasileirão

Com a decisão, a rodada do final de semana está garantida

Último jogo entre Grêmio e Flamengo teve a presença de torcida | Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Na madrugada desta quinta-feira, o vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Felipe Bevilacqua, derrubou a liminar que permitia ao Flamengo contar com a presença de torcedores nos jogos do Brasileirão. Os efeitos da decisão seguem até a até a próxima reunião do Conselho Técnico dos clubes da Série A, no dia 28 de setembro. Com isso, está confirmada a rodada do final de semana.

A decisão atende a um recurso enviado na quarta-feira por 17 clubes, da Série A – entre eles Inter e Grêmio –, que pedia a revogação da liminar concedida ao clube carioca. Além, claro, do Flamengo, não assinaram o documento Atlético-MG e Cuiabá.

Bevilacqua, na decisão, ressaltou que “Diante do caráter de urgência ante a possível violação à legislação federal” pode haver a paralisação do campeonato se a liminar permanecer válida. “Concedo parcialmente o efeito suspensivo ativo vindicado, para o fim de afastar parcialmente os efeitos da medida liminar concedida nestes autos até a reunião do conselho técnico, este a ser realizada no próximo dia 28 de setembro – diz trecho da decisão”, diz trecho do documento.