Dados do RS fazem Brasil registrar segundo maior número diário de casos de Covid em 24h

Este é o segundo maior número de novas infecções em um único dia desde o início da pandemia no país

Ocupação de UTIs no Rio Grande do Sul ultrapassaram lotação de 100% | Foto: Ricardo Giusti / Correio do Povo

O Brasil registrou nesta sexta-feira o segundo maior número de casos diários de Covid-19 desde o início da pandemia: 108.732, segundo dados enviados pelos estados ao Conselho Nacional dos Secretários de Saúde. O recorde anterior havia sido em 23 de junho, data em que foram registrados 115.228. Dados enviados pelo Rio Grande do Sul fizeram o total subir repentinamente em relação aos boletins anteriores mais recentes.

Com a atualização, o total de casos chega a 19.632.443. A média móvel de novas infecções interrompeu a sequência de queda observada desde a última semana de junho e agora está em 46.333.

O número alto de infectados no país na atualização desta sexta decorre da entrada de casos represados do Rio Grande do Sul. Só nesta tarde, foram acrescentados 62.891 casos novos no Painel Coronavírus RS.

Conforme a Secretaria Estadual da Saúde (SES), esses casos ocorreram desde março do ano passado, sendo a maioria – mais de 24,5 mil contaminados – entre janeiro e abril deste ano. Nenhum desses casos represados evoluiu para óbito. Com isso, a alta não impactou nos indicadores de mortalidade, embora tenha ampliado a incidência e derrubado a letalidade da doença.

Mortes

Já o registro de novos óbitos segue em queda, embora ainda em patamar elevado. Foram registradas 1.324 mortes nas últimas 24 horas, o que amplia o total para 548.340, desde o início da pandemia. A média móvel dos últimos sete dias está em 1.135, a menor desde 26 de fevereiro.

O Ministério da Saúde estima que 18,3 milhões de brasileiros já tenham se recuperaram da Covid-19.

Veja o detalhamento: