Assembleia define greve em escolas municipais da Capital a partir de sexta

Categoria volta a se reunir no dia 7

Foto: Cesar Lopes/PMPA

Em uma assembleia geral realizada virtualmente, na noite dessa segunda-feira, trabalhadores em educação da rede municipal de ensino de Porto Alegre definiram entrar em greve, a partir de sexta-feira, 7 de maio. A chamada “Greve pela Vida” contesta o retorno presencial das escolas antes que a categoria esteja vacinada.

A assembleia contou com mais de 500 participantes. Uma outra assembleia ficou convocada para a sexta-feira à noite, a fim de deliberar a continuidade das ações de mobilização.

No campo jurídico, o Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) protocolou uma petição na 1ª Vara da Fazenda Pública, em favor da manutenção da liminar que suspendeu as aulas presenciais, sem prejuízo da continuidade da conciliação estabelecida pela Justiça.