Servidor do Conceição é o 24º enfermeiro a morrer de Covid no RS

Total de casos confirmados da doença entre integrantes da categoria já passa de 3,4 mil

Foto: Rovena Rosa / ABr / Divulgação CP

O enfermeiro João Roque Poti Kirst, de 67 anos, que morreu nessa segunda-feira, é o 24º integrante da categoria a perder a vida para o coronavírus no Rio Grande do Sul. Ele era servidor do Grupo Hospitalar Conceição (GHC), em Porto Alegre. O idoso recebia atendimento no Hospital Moinhos de Vento.

No país já foram confirmadas 686 mortes entre os profissionais de enfermagem em função do vírus. No Rio Grande do Sul, chega a 3.466 o número de enfermeiros infectados pelo coronavírus.

“O profissional era um dos mais antigos enfermeiros em atividade no GHC, considerado muito comprometido à profissão e extremamente querido por colegas da instituição de saúde”, ressalta o Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS).

A entidade voltou hoje a se manifestar em defesa de políticas públicas mais efetivas no combate à pandemia. “A perda de profissionais de saúde na luta contra a Covid-19 é reflexo da falta de medidas eficientes. Além das perdas pelo novo coronavírus, ainda há colegas sofrendo com as sequelas da doença e, ainda, desenvolvendo problemas ligados à saúde mental. Lockdown e vacina já!”, encerra o documento do conselho.