Procergs e PUCRS se unem em curso inédito voltado a ciência de dados e inteligência artificial

Ideia é que acordos semelhantes sejam firmados com outras universidades e startups

O Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs) firmou, nessa segunda-feira, um termo de cooperação técnica com a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) para desenvolvimento de ações na área da Ciência de Dados e Inteligência Artificial. A parceria promete viabilizar a abertura de vagas de estágio, preparação de estudantes e qualificação do mercado de trabalho.

Conforme o órgão, um dos desafios do governo é agilizar as soluções para o cidadão através do meio digital. Entre ações já realizadas, a criação de um novo portal e de uma diretoria focada na ciência de dados e inteligência artificial. O próximo passo é o estabelecimento de parcerias que viabilizem formação de mão de obra, como o acordo firmado agora com a PUCRS.

“Logicamente, isso vai nos trazer profissionais melhor qualificados, tanto no ponto de vista acadêmico como na prática, com dez estagiários na Procergs para que a gente consiga, a médio e longo prazo, ter gente dentro da empresa totalmente qualificado e ter um mercado qualificado para atender essa área”, explicou o diretor-presidente da Procergs José Leal. Ainda segundo ele, a ideia é que acordos semelhantes sejam firmados com outras universidades e startups.

A contratação da primeira turma de estagiários do curso de Ciência de Dados e Inteligência Artificial da PUCRS já está prevista para 2021, quando terão início as aulas da graduação. Segundo Leal, o curso é inédito no sul do Brasil, no modelo presencial. Também na PUCRS, há um MBA em formato digital (EAD).

A Procergs administra algumas da maiores bases de dados do país. Como exemplo, as bases das notas fiscais eletrônicas de 22 Estados, que devem disparar mais de um bilhão de registros, só em dezembro. “Uma grande vantagem é que nós temos o serviço para praticamente todos os órgãos e secretarias, como educação, saúde, segurança, agricultura, Detran. Isso complementa de forma importante. O aprendizado acadêmico eles vão ter na prática”, finaliza Leal.