Governo antecipa recursos para combate à Covid-19 na Operação Verão Total

Área da saúde da Operação foi ampliada para quatro meses e termina em março

Foto: Guilherme Almeida/CP

Com o aumento do fluxo de turistas e da circulação de pessoas na temporada de verão, o governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira, que vai antecipar e ampliar as ações da Operação RS Verão Total 2020/2021 na área da saúde para reforçar o enfrentamento à Covid-19.

Dessa forma, metade dos R$ 5,9 milhões previstos já vai ser repassada na próxima semana a 46 municípios dos litorais Norte e Sul (23), da Serra (12) e da Fronteira (11). A segunda parcela, de quase R$ 3 milhões, vai ser destinada em dezembro, quitando todo o valor previsto para a saúde na operação ainda em 2020. “Vamos quitar todo o valor de R$ 6 milhões no atual exercício”, garantiu a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

Os recursos financeiros serão destinados ao reforço das ações de prevenção ao contágio do coronavírus e aos serviços de saúde nas unidades básicas, no Samu e em hospitais. Além disso, a portaria 728/2020, da Secretaria da Saúde disponibiliza, já a partir de hoje, dois respiradores para seis hospitais do Litoral Norte e Sul, em um total de 12. Além disso, cinco ambulâncias vão ser emprestadas ao Litoral Norte, que recebe o maior fluxo entre todas as regiões.

Operação RS Verão Total

A Operação RS Verão Total, com guarda-vidas e ações em todas as áreas, segue com abertura prevista para 19 de dezembro, em Capão da Canoa, e encerramento em 28 de fevereiro de 2021, na praia do Cassino. No entanto, por conta da pandemia, a área da saúde da Operação foi ampliada para quatro meses, começando em novembro e seguindo até março.

Além da antecipação de recursos, outra novidade é inclusão, na RS Verão Total, de 12 municípios da Serra que recebem fluxo intenso de turistas e de 11 cidades da Fronteira, por onde ocorre o ingresso de estrangeiros durante o verão.

*Com informações do governo do Estado