Temporal causa estragos em Santo Ângelo e Ijuí

Também foram registrados estragos nas cidades de Entre-Ijuís e Caibaté

Há registros de quedas de árvores e postes de energia elétrica. Foto: Adelar Cavalheiro / Divulgação / CP

Um temporal com chuva e ventos fortes causou estragos em cidades da região das Missões, na manhã desta quarta-feira. Em Santo Ângelo, pelo menos 30 casas tiveram o telhado danificado pelo vento. Equipes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e prefeitura atendem as famílias nesta tarde.

Adelar Cavalheiro, chefe da Defesa Civil de Santo Ângelo, disse que o número de atingidos pelo temporal é ainda maior. A corporação deve realizar uma atualização dos dados até o fim do dia. Ele conta que há registros de quedas de árvores, postes de energia elétrica, silo e a estrutura inteira de telhado de um posto de combustível. “O temporal iniciou às 10h. As equipes estão desobstruindo ruas e atendendo as famílias atingidas”, explicou Cavalheiro.

Além da Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros de Santo Ângelo vem fazendo a distribuição de lonas para a cobertura emergencial. Posteriormente, a Defesa Civil cadastra os atingidos para solicitar telhas ao órgão estadual.

Destelhamentos e quedas de árvores em Ijuí

Em Ijuí, o Corpo de Bombeiros realizou o corte de pelo menos cinco árvores que caíram sobre a pista na ERS-342, no sentido a Catuípe. Também houve queda de árvores em outros bairros da cidade como Alvorada, Getúlio Vargas e Tomé.

Nos três bairros mais atingidos, a Defesa Civil trabalha na distribuição de lonas para cerca de 20 casas que foram destelhadas com o vento ou danificadas em razão do granizo. Conforme o coordenador da Defesa Civil da cidade, Rodrigo Gregório, os trabalhos devem seguir até o início da noite.

Também foram registrados estragos nas cidades de Entre-Ijuís e Caibaté.

Falta de energia elétrica

A RGE informou que trabalha para restabelecer a energia elétrica na região das Missões, afetada pelo vendaval dessa manhã. “Neste momento não é possível informar previsão exata de retorno da energia, nem dados de estragos e clientes desligados porque ainda há ocorrências ingressando no sistema da empresa”, informou em nota a fornecedora de energia.