Primeiro relógio digital de rua de Porto Alegre entra em operação

Ao todo, 168 relógios de rua serão instalados, com conectividade gratuita por meio de wi-fi, medidores de radiação e painel de mensagens

Foto: Jefferson Bernardes/PMPA

O primeiro relógio digital de rua com o sistema mais moderno do país entrou em operação na manhã desta quinta-feira. O equipamento, instalado na avenida Edvaldo Pereira Paiva, na rótula de entrada para a avenida Loureiro da Silva, junto à Orla do Guaíba, foi acionado pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior.

Além da marcação de hora e temperatura, os 168 relógios terão conectividade gratuita por meio de wi-fi, medidores de radiação e painel de mensagens. Também serão os únicos com câmeras de alta definição e tecnologia capazes de fazer o reconhecimento das placas de veículos para complementar o cercamento eletrônico da cidade. A instalação dos novos relógios é um investimento 100% privado, sem custo aos cofres públicos, e faz parte do primeiro acordo de concessão de mobiliário urbano concluído pela gestão.

Marchezan ressalta que a concessão dos relógios, assim como a de placas de rua, entrega um serviço de qualidade e com mais agilidade para o cidadão. Além disso, possibilita o ingresso de receitas destinadas à realização de novos investimentos que contribuem para mais melhorias para a cidade. “Iniciamos esse ano as placas, agora os relógios e em setembro lançaremos o edital das paradas de ônibus”, completa. A cidade não contava com relógios de rua desde julho de 2015.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Smim), Marcelo Gazen, o cronograma de instalação dos relógios segue o estabelecido no contrato e até setembro 15 equipamentos serão instalados em pontos de grande visibilidade, depois serão, no mínimo, cinco relógios por mês. “A conclusão total dos 168 relógios será realizada em até 24 meses após a ordem de início, ou seja, até janeiro de 2022”.

A partir de um modelo de concessão foi possível concluir o processo licitatório para que uma empresa privada faça a instalação e manutenção dos relógios de rua. A Clear Channel foi a vencedora do certame licitatório e será a concessionária responsável pelos serviços nos próximos 20 anos.

Instalação – A primeira etapa de instalação começou em março com a execução das bases em concreto para receber os equipamentos novos e com o recolhimento dos relógios antigos. Até o momento 80 locais já estão com esse trabalho concluído. Em maio, o prazo para instalação dos primeiros relógios foi prorrogado de julho para setembro devido à pandemia do novo coronavírus, atendendo à solicitação da empresa, a norte-americana Clear Channel Brasil, responsável pela concessão.

Por conta da pandemia, alguns fornecedores internacionais e nacionais da empresa foram impactados e tiveram que suspender as atividades momentaneamente. Os relógios recebem componentes de fornecedores no Brasil, França e China, três dos países mais impactados pela Covid-19.

Campanha Porto do Amanhã – Para comemorar a instalação dos relógios de rua, a Clear Channel abriu espaço para a participação da população. Para isso, criou a campanha Porto do Amanhã, que irá colorir as ruas do município com artes criadas pelos moradores. Os interessados em participar devem produzir arte em homenagem à cidade com uma mensagem de boas-vindas.

As obras mais criativas serão selecionadas para veiculação nos novos relógios de rua de Porto Alegre. Os arquivos devem ser enviados até 30 de setembro para o e-mail [email protected]

*Com informações da Prefeitura de Porto Alegre